Carta da editora

01-carta

O inverno chegou, trazendo frio para o corpo e para a alma. Estamos vivendo um momento único e preocupante no mundo todo, pois o novo coronavírus não escolhe quem atacar. Todos somos vítimas potenciais. Mas, além do frio e da preocupação, chega também a 22ª edição da Revista Expressão Digital, que está cheia de novidades para todos nós.

“Digo sim pra não levar bala” é uma crônica leve e bem humorada do professor Jorge Amaral que aborda as preferências musicais, os gostos, os estilos. “Ou se aprecia isto ou se prefere aquilo”. Tem gosto para todos.

O artigo “Processo de ensino e aprendizagem norteado pelas emoções”, da Professora Cecília Decarli, deixa claro que é necessário conhecer o aluno que se tem, criar vínculo com ele, entender suas emoções para que se possa “formar cidadãos críticos, bem orientados socialmente e aptos para a convivência coletiva”.

“Hair Love: uma história cacheada cheia de representatividade” é uma resenha sobre o curta-metragem “Hair Love”.  Sua autora, a aluna Marina Ottmann Boff, tece elogios à obra, que, “além de possuir uma mensagem emocionante sobre amor”, também “é capaz de tratar de forma leve assuntos extremamente relevantes” “como a representatividade racial e a aceitação dos cabelos crespos.”

Outra resenha presente nesta edição é a do aluno Euler Eduardo Lisboa de Moura sobre o curta animado “Kitbull”, “Uma amizade improvável”. Os protagonistas são um gato preto e um cachorro da raça Pitbul que se tornam amigos , numa “narrativa engraçada e emocionante”.

São três os relatos. Vamos começar pelo da Professora Maria Emília Lubian, chamado “Quarentenou – o que fazer em tempos de quarentena?”, sobre a atual situação de pandemia causada pelo novo coronavírus. Participam com ela nesse relato cinco alunos de diferentes turmas que “falam como tem sido viver, conviver e estudar durante a quarentena.”

O Professor Vílson Schütz diz que “em momentos de pandemia”, quando “nossas certezas se esvaem, faz-se necessário pensar como nós, humanos, estamos vivendo.” Ele é o autor do relato sobre o “último discurso para a humanidade”, que tem como base o filme “O grande ditador”, de Charles Chaplin, em que Chaplin nos deixa uma “mensagem, um último discurso para a humanidade e reflete sobre o que realmente é importante para sermos verdadeiramente humanos.” Colaboram com o Professor nessa reflexão oito alunos de diferentes terceiras séries.

O último relato fica a cargo da Professora Íris Lisboa que reflete, juntamente com seus alunos de cinco turmas de primeira série, sobre o momento atual. Ela tem como base a crônica “Colapso”, de Pedro Gonzaga, “publicada em meio à pandemia que assola praticamente o mundo inteiro”, mostrando a “ineficiência dos hospitais diante da demanda de internações.” “Além do colapso do sistema de saúde, há o colapso da civilização, que desmorona diante de tudo aquilo que não pode controlar.”

Faz parte desta edição também o artigo “A literatura e a vida”, da Professora Elíria Poersch. Ela nos fala de dois grandes escritores brasileiros João Cabral de Melo Neto e Clarice Lispector, cujo centenário de nascimento comemoramos neste ano de 2020.

O Professor Dennis Messa nos brinda com uma lista de sugestões de “filmes e séries sobre Design para designers”, que podem ser assistidos com a família e com amigos. “São temas leves e pertinentes” e “tratam do tema Design como um todo, ou seja, estão listados títulos sobre interiores, moda, tipografia, entre outros.”

Temos, ainda, a crônica “Brincar é uma prioridade”, da nossa bibliotecária Carla Casagrande. Nesse texto sensível e poético, a autora nos fala de uma mãe para quem a brincadeira era uma prioridade. “A casa vivia cheia de amiguinhos” da filha. “Sobrava uma pia lotada com montanhas de copos de Nescau, pratos e farelo de bolo para limpar. Mas a mãe resolvia tudo rapidinho e feliz, ouvindo as combinações de quem seria a princesa, o papai, a mamãe ou o monstro.”

Para completar nossa edição, temos as sugestões de filme e de livro e a exposição fotográfica “Surdos que ouvem e impressionam”, de Alexsandro Machado. A sugestão de filme ficou com o cineasta e Professor Ulisses da Motta Costa. Já a sugestão de leitura foi apresentada pelas Professoras Ana Izabel Fernandes e Rogéria Silveira Pacheco.

Vale a pena conferir. Boa leitura!

Carmem Bica Beltrame Professora de Língua Portuguesa Fundação Liberato

Carmem Bica Beltrame
Professora de Língua Portuguesa
Fundação Liberato


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *